Histórico dos Colóquios do GT em Filosofia da Linguagem:


Os Colóquios Nacionais de Filosofia da Linguagem remontam a 1995, quando, sob os auspícios do PPG em Filosofia da Universidade Federal de Goiás, realizou-se o I Simpósio Semântica e Ontologia. A este primeiro simpósio dois outros se seguiram, respectivamente em 1996 e 1997. Desses simpósios tomaram parte alguns dos mais importantes pesquisadores ligados à filosofia da linguagem no país e o embrião de uma articulação na área surgiu. Foi fundado o GT em Filosofia da Linguagem na Anpof e cadastrado um Grupo de pesquisas junto ao CNPq. O grupo decidiu realizar em 2002 o I Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem, em Goiânia, com o apoio da UFG e UnB. Alguns dos textos apresentados no colóquio foram acolhidos pela revista Philósophos, que publicou um número dedicada à Filosofia da Linguagem em 2003. Ao primeiro colóquio seguiu-se um segundo em 2003, também em Goiânia, e um terceiro em 2005, na Unisinos, com o apoio do seu PPG em Filosofia, e integrado ao congresso internacional de linguística Linguagem e Interação, promovido pelo PPG em Linguística daquela instituição. O histórico dos colóquios, bem como os textos neles apresentados podem ser todos acessados publicamente no site www.iphi.com.br que hospeda as páginas de cada um deles. Em outubro de 2007 foi organizado o IV Colóquio, na UNISINOS, com participação de pesquisadores de programas de pós-graduação em filosofia de muitos estados brasileiros, e importantes convidados estrangeiros como Manuel García-Carpitero, (Universidade de Barcelona - Espanha), Susan Haack, (Universidade de Miami - EUA) e María Frapolli (Universidade de Granada - Espanha).